One Piece #988 – DOIS MUGIWARA NUMA MOTO

O capítulo que me fez rir como uma besta, chegou a hora de One Piece 988 dar o ar da graça e é aquilo que sempre temos o tato de avisar daqui em diante a rajada de spoilers da marinha vai ser indefensável até pelo Pound.

One Piece 988 começa com a história de capa 24 do volume 32 da Família Gang Bege com Pound protegendo o barco de suas filhas Chiffon e Lola do ataque da Marinha esbravejando aos mares que “EU AINDA QUERO SER O PAI DELAS!!!”.

A primeira página inicia com Kaidou zombando dos Minks e sua poderosa forma Sulong, por outro lado Jack se reune com gifters para enfrentar os transformados, mas Raizou diz a Nekomamushi e Inuarashi que eles devem seguir adianta pois ele pagará a divida de proteção realizada a ele em Zou no ataque de Jack, ou seja, Raizou se juntara aos transformados para combater Jack e companhia que também faz pouco da transformação lembrando que tem uma certa duração de tempo. Temos Rody e BB junto de Giovanni, Shishilian e Concelot se transformando em Sulong, enquanto isso no palco principal Big Mom olha o buraco feito por Jack na sua escapadela para o telhado do palácio e Queen reclama da fuga do companheiro para outra frente de batalha.

Shinobu tenta salvar Momonosuke da morte, mas é parada por King e com isso Sanji usa a distração para como Stealth Black resgatar Momo das amarras porém mesmo sua invisibilidade não durou muito diante de King que o golpeia no ar, o Sangoro ainda tem tempo de elogiar a bravura de Momo por dizer seu nome diante da morte. O combate entre o Spinossauro King e o Stealth Black Soba Mask começa com um grande impacto no palco principal de Onigashima.

Yamato e Luffy vão em direção a Big Mom que se estressa ao ver o Chapéu de Palha, isso a faz lembrar que já é a segunda festinha que ele destrói com ela presente. Ela solta um ataque com a espada chamado de “IKOKU” que faz um rombo no castelo e deixa os aliados em espanto percebendo que a véia louca tem nível de Kaidou – ninguém avisou os samuraizinho que a véia é páreo duro né!? – . A Nami vê como a coisa ta ficando feia e foge em disparada com Zeus nos bracicos dela e a Big Mom chama ele de volta e agora só resta a nuvenzinha pedir desculpas pra Nami porque Big Mãinha tem poder demais.

Zeus está prestes a matar Nami quando se houve ao fundo um ronco de moto, uma musica tocante, podemos ver dois caras numa moto indo em direção a confusão enquanto alguém canta “O relógio? Eu me livrei dele. porque eu sou o vento. Eu sou o Franky o motoqueiro da liberdade” e é aqui onde tive uma sessão das boas de gargalhada porque imagine, Franky cantando um soneto de liberdade enquanto a referência de dois cara numa moto com dois mugiwara numa moto, ele e Brook simplesmente derrapam na cara da Big Mom com estilo, sem esquecer que no meio disso Brook cortou Zeus em dois e num momento de choque para todos Franky percebe que atropelou algo e solta a pérola – Ah que seja, contanto que não tenha atropelado flores – e o capítulo se encerra com ele levantando os óculos e dando um sorrisinho de missão dada é missão cumprida.

Sabemos que um dos mugiwaras contra a Big Mom é complicado, mas ninguém contava cos dois caras numa moto fazendo o impensável nesse capítulo agora o que resta fazer é curtir esse momento SUUUUUUUUUUPEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER que o Franky criou e esperar o próximo capítulo de One Piece.

E aí o que achou do 988? Curtiu a canção de liberdade? Porque é humanamente impossível não ter curtido os dois caras numa moto.

Sobre João

Ainda ando por Lordran, mas vivo no universo 7 da vila de Konoha enquanto navego nos mares do novo mundo de um dojo qualquer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *