Grey’s Anatomy episódio 4 temporada 17 – A PRAIA (Grey’s Anatomy x Death Stranding)

O episódio 4 da décima sétima temporada de Grey’s Anatomy apresenta “A Praia” um conceito de experiência pós vida, uma conexão astral entre esse e o outro lado da vida mas como estamos falando de um episódio recente da série deixamos o alerta de spoiler antes do próximo paragrafo, siga por conta e risco.

Em Grey’s Anatomy Meredith Grey está sofrendo os sintomas da COVID 19 e a adição de Mer a uma lista de tratamento foi sugerido por De Luca a Weber, mas ele não se sente confiante de expor sua protegida ao teste e enquanto essas questões vão se desenrolando ela aparece na Praia, isso já havia acontecido no episódio anterior e ela se encontrou com Derick porém o episódio 4 trouxe mais detalhes com a aparição de George e alguns detalhes que são semelhantes A Praia de Sam Bridges em Death Stranding.Grey's Anatomy 17x4: O'Malley está de volta em sonho! (RECAP) | Minha Série

Mer está na praia dialogando com George e o cenário é composto apenas por mar, areia e algumas montanhas ao fundo e a praia de Sam é do mesmo estilo e a diferença entre elas é o clima, enquanto a de Mer passa um aspecto de paz e sobriedade já a de Sam emite um teor sombrio e mistério. Mas ambas partilham situações de pós vida com Mer encontrando Derick e George, inclusive esse ultimo cita que talvez seja mais fácil pra ela acreditar em tudo se ele estivesse mais velho, ou seja, toda a praia e a experiência são como a mente de Mer queria paz, queria ver Derick novamente e lá no fundo queria poder falar uma ultima vez com George.

Die-Hardman –

Por outro lado a praia de Sam mostra como ele se punia pelo ultimo Death Stranding que levou sua esposa e filho, a praia de Sam diferente da de Mer é um emaranhado de mistérios que mistura o outro lado da vida com tudo que Sam temia e não acreditava ser real. Sam Bridges se vê na praia em tempos diferentes ele parece ser algo indecifrável enquanto para Mer o que parece ser indecifrável é onde ela pretende chegar naquela praia.

O espaço de ambos mistura o outro lado da vida com idealizações subconscientes e embora Mer não possua a afefobia de Sam a passagem dela na praia é circundada de pouquíssimos toques em relação a cada personagem que aparece. E assim como na praia de Sam nem todos os personagens que aparecem na praia de Mer estão mortos então Richard é para ela como Die Hardman é para Sam.

Depois do fim: Vamos entender juntos a história de Death Stranding - Arkade | Arkade

Os conceitos de praia de Grey’s e Death são simples mas se diferem pelo propósito já que enquanto a de Mer é uma forma de fazê-la entender que ela esta no limite entre a vida e a morte já a de Sam revela que ele esta no limite entre a vida e o pós vida, que nesse caso para Sam parece uma espécie de punição já que ele não morrerá até que consiga cumprir sua sina.

Achei importante trazer “A PRAIA” como tema desses dois título porque embora a exploração da praia em Death Stranding seja extensamente complexa ambas colocam seus protagonistas no mesmo dilema sobre um momento em que eles são o foco mas não possuem o controle, ou como George diz:

Se eu pudesse escolher teria ficado.

E aí já assistiu Grey’s Anatomy? Já jogou Death Stranding? Se ainda não vivenciou nenhum dos dois título recomendo fortemente porque embora Death Stranding seja um jogo sua história se desenrola como uma série e o inicio é o que ja vai te prender no título sem sombra de duvidas, já Grey’s é uma série extensa que explora bem seus protagonistas e faz uma rotação entre eles que consegue tornar cada um atraente de uma forma (menos a Maggie Pierce que mina chata, ainda to esperando um busão atropelar ela dentro do Grey Sloan, Shonda realiza meu sonho aí por favor).

Gostou do tema e quer sugerir alguma coisa semelhante? fique a vontade porque além de um numero indefinidos de animes também acompanhamos umas séries muitos aleatórias enquanto dividimos nosso tempo entre desenhar e jogar alguma coisa, confira mais artigos aqui no vivaoplay.com e até mais.

Sobre João

João
Ainda ando por Lordran, mas vivo no universo 7 da vila de Konoha enquanto navego nos mares do novo mundo de um dojo qualquer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *